quinta-feira, 21 de junho de 2012

Falando em: Hilal Sami Hilal


E além de tudo, Capixaba!!!

Instalação com trapos

Eu tinha que falar dele, não tem como fugir, os trabalhos de Hilal são lindos e de uma profundidade encantadora. Não existe escrita que traduza o que ele mostra em sua arte. 

Uma das principais características da obra desse capixaba é o papel que ele mesmo faz, usando fibras de algodão, geralmente vindas de trapos e roupas velhas e suas peças de uma delicadeza incrível, em que os rendados quase transparentes são sutis e leves.

Exposição Biblioteca

Um pouco da trajetória de Hilal:

As primeiras aparições públicas de Hilal aconteceram na década de 70, inpiradas no surrealismo e no cotidiano,nas paisagens geográficas.
Entre 1977 e 1997 passa a integrar o corpo docente da UFES (Universidade Federal do Espírito Santo) dedicando-se as artes.
De 1977 a toda década de 80, pesquisou e se aprofundou no estudo do papel feito à mão.
A década de 90 é marcada por suas belíssimas exposições, como sua instalação com trapos no Museu ferroviário em Vitória - ES em 1998. Assim como várias outras obras marcantes também em trapos.
Nos Anos 2000, mais precisamente 2007/2008, expôs o trabalho "Seu Sami" no MAM em São Paulo, no mesmo período realizou as exposições "Sherazase" e ''Biblioteca"no MAM do Rio.
Dois anos antes, fez a instalação "Gambiarra" em virtude do ano do Brasil na França, expondo no Carreau de Temple em Paris.
E assim Hilal continua seu trabalho para mim sempre lindo aprenetando,instalações e exposições contemporâneas e surpreendentes.

Vou deixar o site AKI, onde poderão ser vistas as obras e descrições.

Algumas imagens mais:

Biblioteca
Biblioteca
Biblioteca
Sherazade
Sherazade

Trapos






Maravilhem-se e inspirem-se!!!
beijoooooo

3 comentários:

  1. Obrigada pela visita flor!!! beijoooooo

    ResponderExcluir
  2. Que show!!!!adoramos o post!!!!Beijinhos e apareça no Tc para conferir as novidades!!!

    ResponderExcluir