quarta-feira, 31 de julho de 2013

Não dica de filme: Guerra Mundial Z

Gente faz é tempo que não escrevo dicas de filmes por aqui, na verdade tenho visto poucos e prometo compensar daqui uns dias..srsrs
Antes de começar a escrever vou deixar a sinopse:


"Uma terrível e misteriosa doença se espalha pelo mundo, transformando as pessoas em uma espécie de zumbis. A velocidade do contágio é impressionante e logo o Governo americano recruta um ex-investigador da ONU (Organização das Nações Unidas) para investigar o que pode estar acontecendo e assim salvar a humanidade, tendo em vista que as previsões são as mais catastróficas possíveis. Em contrapartida, Gerry Lane (Brad Pitt) tinha optado por dedicar mais tempo a sua esposa Karen (Mireille Enos) e as filhas, mas seu amor a pátria e o desejo de salvar sua família acabam contribuindo para que ele tope a missão. Agora, ele precisa percorrer o caminho inverso da contaminação para tentar entender as causas ou, ao menos, identificar uma maneira de conter o contágio até que se descubra uma cura antes do  apocalipse. Assim, começa uma verdadeira corrida contra o tempo, que mostra-se cada vez mais curto, na medida que a população de humanos não para de diminuir. "


Então, vi esse filme Guerra Mundial Z por esses dias e bem, como todo mundo já sabe a história dos zumbis está ficando chata, de tanta coisa que saiu (filme, filme, seriado, livro, livro, livro para adolescentes e outros tantos que perdi as contas). Confesso que adoro algumas ilustrações em t-shirts e até mesmo nas famosas havaianas, mas quanto a história para se escrever...tenho minhas dúvidas, ficou muuuito batido.




Em Guerra Mundial Z, protagonizado por Brad Pitt, tive a impressão que estava tentando ver The Walking Dead ( o bom, sim bom, e famoso seriado americano), mas ficou muito atras, a impressão que tive é que a história começou muito boa, e se estendeu demais no início deixando a desejar nos finalmente, onde se desenrola tudo em alguns minutos e o filme acaba, sem graça.




Apesar de toda a minha amargura, é um importante filme para se pensar sobre a finitude da humanidade, fraquezas e pontos fortes da pessoa humana, família e companheirismo. Para mim a abertura do filme foi espetacular com aqueles flashes de reportagens e imagens que mesclavam mundo animal e humano, fiquei encantada com a percepção. 




Espero que leiam a sinopse e caso tenham visto, ou venham a ver, compartilhem aqui comigo sua opinião, adorarei saber mais sobre ele e quem saber ver com outros olhos...srsr

beijoooo

8 comentários:

  1. Legal a resenha, eu não vi e tb não tenho muito interesse, apesar de gostar de zumbis!


    Beijão!

    Piece of My Heart

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela visita flor!!!
    Volte sempre.
    Beijooo

    ResponderExcluir
  3. Eu assiti o filme e gostei bastante!!! Achei diferente dos diversos filmes de zumbi que já vi... Pelo desfecho da história... Em nenhum outro filme de zumbi que eu tenha assistido teve um final assim (não sei se você sabe do que eu to falando, mais não vou colocar spoiler né?? rsrsrs...) A história não ficou muito vaga como os outros filmes!!! Mais adorei sua resenha!!!

    Flor, to te seguindo aqui depois passa lá pra conhecer o meu cantinho!!!

    http://glitteresaltoalto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei seu comentário flor, é por isso que gosto de escrever por aqui para compartilhar e ter retorno.
    Que bom que gostou de minha resenha.

    beijoooo e sim vou lá no seu cantinho agora mesmo.

    beijooo

    ResponderExcluir
  5. To doida pra ver
    http://www.jeitosimplesdeser.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quer bom que incentivei! rsrsr

      beijooo flor!

      Excluir
  6. Eu já assisti, eu gostei do filme, achei que os zumbis não sendo zumbis foi uma sacada inteligente, é claro que eu achava que deveria ter mostrado porque ele desistiu da profissão e tals, mas eu gostei bastante!
    vestindo-ideias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Éssa dos Zombis é boa mesmo....

      Quannto a profissão acredito que ele deixou para poder ficar com a família. Foi o que eu entendi.

      Obrigada pela visita flor!

      beijoooo

      Excluir